OneCoin faz declaração sobre a prisão de Konstantin Ignatov

A OneCoin fez uma Declaração oficial em seu site relativa à detenção do Sr. Konstantin Ignatov no território dos EUA.

OneCoin e seus afiliados gostariam de abordar os recentes relatos da mídia sobre a prisão de Konstantin Ignatov nos Estados Unidos da América.

Podemos confirmar que o Sr. Ignatov está atualmente nos Estados Unidos. Com base nas informações que foram divulgadas pelas autoridades dos EUA, entendemos que eles estão investigando alegações de conspiração por fraude eletrônica.

o Sr. Ignatov não foi formalmente acusado de um crime e tem direito a uma presunção de inocência.

Se ele for acusado, ele terá a oportunidade de contestar o caso perante um tribunal de justiça dos EUA.

A transparência é um dos valores centrais da OneCoin e estamos firmemente por trás dessa crença. Nós sempre declaramos nossa disposição de estarmos abertos com os reguladores e a mídia, e pedimos a mesma cortesia.

Por isso, instamos fortemente a imprensa a abster-se de especulação e julgamento sobre a investigação dos EUA até que mais informações estejam disponíveis.

Sobre a OneCoin – Onelife

A OneLife é uma rede global crescente que nasceu da marca de criptomoedas OneCoin

A Rede possui uma plataforma digital com um ecossistema único de produtos sofisticados e ferramentas de redes sociais que ajudam os membros a alcançar a independência financeira.

Os membros têm acesso a diversos programas de e-learning que os ajudam a aplicar a teoria financeira à prática. Isso permite que eles compreendam, minerem e comercializem criptomoedas, e façam transações transnacionais seguras e de baixo custo.

Nossa visão é fornecer soluções de pagamento alternativas e acesso igual à educação financeira para pessoas em todo o mundo. A Rede OneLife torna as transações financeiras e o comércio mais seguros, fáceis e disponíveis para todos na web. Nosso ecossistema de ferramentas e serviços virtuais tem o potencial de abrir novos mercados econômicos para o comércio transfronteiriço e estimular o crescimento econômico.

Deixe sua opinião