LulaRoe pode decretar falência nos EUA

Patrick Winget, design, produtor e executivo fundador da LuLaRoe, deixou inesperada a empresa de roupas femininas justamente quando centenas de consultores estão entrando com ações contra a empresa.

Winget é considerado uma celebridade entre as dezenas de milhares de pessoas, a maioria mulheres, que vendem roupas LuLaRoe online, nos EUA.

Em centenas de posts de mídia social ao longo dos anos, os vendedores da LuLaRoe se reuniram para encontrar Winget pessoalmente nos eventos da LuLaRoe. Ele é considerado um um gênio com mente “brilhante” e “herói” por trás da marca.

Winget anunciou abruptamente sua saída no Instagram, e escreveu: “Olá a todos, eu só queria informar que a partir de hoje eu não estou mais com LuLaRoe. Desejo a todos  sucesso contínuo. Vejo vocês em breve.” A publicação foi eliminada desde então.

LuLaRoe depois enviou um email confirmando a saída da Winget para seus fornecedores. O e-mail disse que Winget “decidiu renunciar à sua posição e procurar outras oportunidades” e que estaria “dedicando um tempo importante e valioso para atender a alguns assuntos familiares pessoais”.

LuLaRoe se recusou a fornecer mais detalhes sobre a saída de Winget. 

A Sucesso confirmou no entanto, que ocorreram reclamações de qualidade sobre suas roupas, incluindo alegações de que suas calças “rasgam como papel higiênico molhado”.

Após o relatório, a LuLaRoe lançou um programa de descontos para os clientes.

Nos meses que se seguiram, milhares de consultores começaram a fugir do negócio enviando seu estoque não vendido para LuLaRoe solicitando reembolso.

Mas a empresa não reembolsou.

A ex-consultora Nicolette Fontenot revelou que a LuLaRoe lhe deve U$ 7.999,89.

Ela enviou o estoque não vendido para a empresa e ficou sem o produto e sem o valor a disse: “Tenho certeza de que nunca verei um centavo”.

Alguns consultores anteriores disseram temer que a empresa vá à falência.

“Estou com medo de que eles vão à falência antes de receber meu reembolso”, disse um ex-consultor que espera desde dezembro por um cheque de mais de US $ 4 mil. Ela pediu para permanecer anônima por medo de que LuLaRoe iria retaliar contra ela por falar com a mídia.

SOBRE A EMPRESA

A LuLaRoe é uma empresa de marketing multinível com sede nos Estados Unidos que vende roupas femininas.

Foi fundada em 2012 por Deanne Brady e seu marido Mark Stidham, e é baseada em Corona, Califórnia.

Deixe sua opinião

Veja Também

Não leia esta notícia! Para chamar sua atenção, virou moda fazer chamadas no Facebook, no You Tube e nas redes sociais, publicando chamadas apelativas, que sugerem o oposto ...
18K de Ronaldinho quase pronta para o lançamento oficial A empresa 18k de Ronaldinho Gaúcho está a mil por hora, nos preparativos para sua inauguração oficial na primeira quinzena de setembro que deve aconte...