Como as mulheres mais influentes do MMN americano lidam com a rede social

As estratégias de marketing de vendas diretas sempre tiveram o mesmo objetivo: comunicar com sucesso a qualidade e os benefícios dos produtos ou serviços da empresa, bem como a oportunidade de negócios.

O que mudou ao longo do tempo, no entanto, foram as táticas usadas para comunicar a mensagem.

A mídia social foi adicionada à caixa de ferramentas de marketing em que kits, revistas, catálogos, brochuras e vídeos continuam sendo essenciais.

Estratégia de mídia social
A marca de estilo de vida saudável OPTAVIA, dos EUA, adota uma abordagem adaptada à sua estratégia de mídia social, oferecendo uma gama completa de ferramentas sociais para promover, apoiar e compartilhar histórias de campo e a marca para o mundo.

“O acompanhamento de mercado e a análise frequente, a análise competitiva e as estratégias de melhores práticas nos mantêm atualizados sobre as tendências atuais, permitindo-nos escolher nossos meios de forma inteligente, diz a presidente Mona Ameli.

Enquanto a empresa de saúde e bem-estar Isagenix se esforça para oferecer plataformas e programas digitais que ajudem a rede a se comunicar em qualquer lugar e a qualquer momento, para vender, se relacionar e captar pessoas, as redes sociais possuem a força motriz do fenômeno das compras on-line”, diz Kathy Coover, co-fundadora e vice-presidente executiva da Isagenix.

Connie Tang, presidente e CEO da Princess House, uma empresa de utensílios de cozinha e decoração para o lar, concorda que é essencial usar estratégias de redes sociais para envolver pessoas.

A marca Arbonne International, está obtendo um crescimento incrível e conseguiu mais de 36% de seus consultores independentes pela rede social.

“Nós empregamos, ensinamos e promovemos novas ferramentas como Snapchat e Geofencing para nossas conferências, em particular, e realmente aumentamos nossa participação no Instagram com vídeos curtos”, diz o CEO Kay Napier Zanotti.

“Temos eventos do Facebook Live e, cada vez mais, estamos vendo nossos consultores mais antigos adotarem novas tecnologias.

Temos que estimular a rede a fazer uso da rede social para obterem maior valor e resultado em seus negócios “.

No ano passado, a empresa implementou um grupo chamado Prime Time, que se concentra principalmente no envelhecimento saudável. “O grupo atualmente tem mais de 7.000 membros ativos”, diz Coover.

“Alguns membros se reúnem no nosso grupo fechado do Facebook, enquanto outros preferem receber as últimas notícias através do nosso boletim informativo bimestral que inclui dicas e ferramentas de envelhecimento saudável.

Seja qual for o veículo preferido para receber informações, recebemos excelentes comentários de nossos associados que usam as experiências, imagens e artigos de blog exclusivos encontrados no Prime Time para construir relacionamento com os clientes que desejam aprender mais sobre Isagenix “.

Da mesma forma, eu uma empresa não deve apenas colocar um widget de do produto em seu site, convém que ela utilize a rede social para gerar engajamento.

As empresas precisam ajudar seus empreendedores, aumentando a conscientização sobre a empesa, a marca e o produto, facilitando a venda e o patrocínio.

“O endosso de pessoa a pessoa é a chave; não há nada mais confiável do que construir relacionamento e confiar um em um, mas a empresa pode e deve pré-vender, através da rede social “, diz ela.

A tecnologia digital aprimorou nossa indústria, mas nunca substituirá completamente a interação entre as pessoas. Ela ajuda. E muito.

Não perca tempo. Domine a rede social. Revolucione seus resultados.

Deixe sua opinião