Brasileiro será presidente da Federação Internacional de Marketing Multinível nos EUA

O CEO da Sucesso e Presidente da Abranetwork, Claudio Di Lucca, foi convidado para assumir a Presidência da Federação Internacional de Marketing Multinível (FIMN), em Salt Lake City, no estado de Utah, Estados Unidos.

A FIMN está sediada na capital mundial do MMN, que possui mais de 400 empresas do setor.

Com o objetivo de valorizar o empreendedor, defender o mercado, gerar intercambio de informações, ajudar no combate as pirâmides financeiras, além de estimular o empreendedorismo, a Federação terá importantes líderes do MMN mundial em sua diretoria.

A escolha de Claudio Di Lucca, foi motivada pelo trabalho que está realizando no Brasil, criando, inovando, produzindo conhecimento e defendendo com unhas e dentes o profissional.

Além de representar os interesses dos empreendedores, a Federação também terá empresas de multinível e de vendas diretas associadas, fazendo uma triangulação sinergica perfeita.

Farão parte da diretoria e do conselho, alguns dos maiores líderes, das seguintes empresas:

  • Amway
  • Nu Skin
  • Jeunesse
  • Incruises
  • Herbalife
  • doTERRA
  • Mary Kay
  • Oriflame
  • Usana
  • Isagenix
  • Primeirica
  • Plexus
  • Vorwerk
  • Natures Sunshine
  • Young Living
  • DagCoin
  • Infinitus
  • Perfect
  • Kannaway
  • Quanjian
  • Youngvity
  • LifeVantage

Os líderes e executivos que estarão na Diretoria serão divulgados em breve.

“É uma honra, um desafio e uma responsabilidade imensa apoiar o segmento de Venda Direta e MMN com essa equipe de líderes e executivos notáveis que estarão comigo nesta empreitada. Há muito o que fazer para melhorar e profissionalizar o setor. Será indiscutivelmente uma experiência única e privilegiada poder trocar informações e compartilhar conhecimento com os Top Líderes mundiais e com alguns dos maiores CEOS e gestores deste segmento. Não vai ser fácil conciliar, viagens regulares para os EUA, com a Abranetwork, com as empresas do Grupo Sucesso e família, mas a causa justifica e me motiva.” declara Claudio Di Lucca, por telefone.

Ponto para nosso país, que terá um brasileiro na presidência de uma Federação Internacional.

 

Deixe sua opinião