Um pouco mais de sabedoria pra você viver melhor (Por Gilberto Suzuki)

SEDE DE CONHECIMENTO

“Não adianta meter a cara do camelo dentro da água porque se ele não tiver sede, ele não vai beber água”. Você já conhecia esse ditado árabe? Qual é o seu maior aprendizado?

Se você não tiver vontade, não adianta fazer nenhum curso ou capacitação, você não irá aprender.

Que não adianta fazer nada forçado.

Um dos preceitos da Andragogia é que o adulto só aprende o que quer.

A motivação pode vir pelo amor ou pela dor.

Sentir a necessidade de aprender

Sentir sede de aprender, fará você buscar novos conhecimentos.

 

QUEM SE ATREVE A TER CERTEZA?

Samuel Langhorne Clemens, mais conhecido pelo pseudônimo Mark Twain, foi um escritor e humorista norte-americano.

É mais conhecido pelos romances “As aventuras de Tom Sawyer” (1876) e “As aventuras de Huckleberry Finn” (1885).

É atribuida à Twain a seguinte frase: “O que nos causa problemas não é o que não sabemos. É o que temos certeza que sabemos e que, no final, não é verdade”.

Aquilo que você acredita ter certeza pode não ser uma verdade absoluta.

Existem 4 níveis de conhecimento:

1. Eu sei o que sei (tenho ciência dos meus conhecimentos);
2. Eu sei o que não sei (tenho ciência das coisas que eu não sei);
3. Eu não sei (não tenho ciência; não conheço); e
4. Eu não sei o que não sei (não tenho noção das coisas que eu não sei).

Como na frase atribuída a Sócrates: “Só sei que nada sei”.

“A humildade é o primeiro degrau para a sabedoria”, dizia São Tomas de Aquino.

 

COMO NASCE UMA AMIZADE

A base da amizade é a confiança.

Para você confiar em alguém é necessário conhecer essa pessoa e ela precisa ser digna de confiança.

Ao você conhecer uma pessoa, você vai se identificar com ela ou não.

Você vai perceber com o tempo se vocês têm os mesmos interesses, mesmos valores.

Ao mesmo tempo, você vai perceber se ela é uma pessoa digna de confiança.

Se você percebe que essa pessoa não cumpre o que promete ou que apresenta alguns valores e princípios diferentes do seu, é provável que a amizade não amadureça.

A palavra “amigo” na língua japonesa pode ser definida em três palavras “tomo ou tomodachi” que é um amigo mais para colega; “yujin” literalmente significa “pessoa amiga”, que é um amigo mais chegado, mais íntimo e, “shinyu”, significa “amigo verdadeiro”, aquele que você poderá contar com ele em todos os momentos.

Tão importante como ter um yujin ou shinyu, é ser um yujin ou shinyu para outra pessoa.

Como disse Ralph Waldo Emerson, um amigo é uma pessoa com a qual posso ser sincero.

Diante dele, posso pensar em voz alta.

 

Gilberto Suzuki

Mestre em Administração – Gestão de Marketing, Universidade Federal do Rio Grande do Sul-Unama, Mestre em Planejamento do Desenvolvimento pelo Núcleo de Altos Estudos Amazônicos – NAEA –UFPA. Consultor credenciado pela ONU/SEBRAE como Instrutor do Seminário “Empretec “ (Treinamento Avançado para Empreendedores). Instrutor Credenciado – Sebrae Nacional do Gestão Financeira, do Controle à Decisão. Coach pelo International Association of Coaching Institutes (ICI), Coach Senior e Master Coach pela Ricoaching. Professor tutor da Fundação Getúlio Vargas, MBA Online, Autor do Livro “Otimismo para pais, professores e estudantes”, 2ª. Ed.

Deixe sua opinião