Você tem medo de que? De enriquecer?

A proposta é simples! Vamos vencer os medos e superar as dificuldades que muitas vezes nós mesmos criamos em nossa mente?

Você tem uma oportunidade única em sua vida. Ganhar dinheiro fazendo as pessoas ganharem dinheiro também. Um ajudando o outro, mas você se sente impotente, incapaz, com medo?

Vamos identificar seu medo e enfrentá-lo, AGORA!

MEDO: E se eu não conseguir colocar ninguém?                                                                 SOLUÇÃO: Você tem amigos, familiares, conhecidos e cerca de 200 milhões de habitantes aqui no Brasil. Irá receber treinamento, apoio da linha ascendente e com certeza encontrará pessoas que precisam de uma oportunidade para mudar de vida. Cerca de 90% da população ganha mal e você só precisa encontrar de 3 a 8 pessoas que realmente queiram resultados como você.

MEDO: E se não der certo?                                                                                                 SOLUÇÃO:  E se der certo? Perder tempo e dinheiro não vai. O mundo não conspira contra você. Conspira a favor. Você é quem pode conspirar contra si mesmo. O risco é baixo. Pague o preço.

MEDO: Eu não gosto de vender!                                                                                         SOLUÇÃO: Muitos milionários do MMN também não. Mais eles encontraram pessoas que gostam e sabem vender. Porque você não encontraria bons vendedores também?

MEDO: Acho que não tenho o perfil para este negócio                                             SOLUÇÃO: Perfil para ganhar dinheiro? Basta FOCO, CRENÇA e força de trabalho. O MMN serve para qualquer perfil.

MEDO: Será que eu consigo?                                                                               SOLUÇÃO: Quem te convidou acreditou em você. E muitas vezes amigos e familiares não acreditam. Não hesite. Se não conseguir de primeira, vai conseguir de segunda. Tem muita gente para te ajudar e apoiar.

MEDO: Tenho medo do negócio ser uma pirâmide                                                               SOLUÇÃO: Não tenha. MMN não é pirâmide. É uma atividade regulamentada e aprovada em 180 países do mundo. É legal, séria e ética. Não lesa ninguém. Pirâmide sim, é crime. Não tem contrato, produtos e serviços. Quem coloca dinheiro vai perder quando alguém não colocar. E nunca quem está embaixo, ganha mais do que quem está em cima. Fique fora de pirâmide. Fique dentro do MMN.

MEDO: Acho que já tem muita gente fazendo MMN                                                             SOLUÇÃO: Que bom! E cada vez terão mais. Que grande oportunidade você tem. Saiba que em nenhum lugar do mundo, em 65 anos existiu saturação, porque as empresas sempre lançam produtos novos, de uso diário e continuo. Ou você acha que as pessoas não vão mais comer, beber, usar shampoo, sabonete, perfume e comprar produtos? Sem contar as pessoas que se tornarão maiores de idade.

MEDO: E se eu perder o meu emprego por causa desta oportunidade?                                   SOLUÇÃO: Você precisa se dedicar no mínimo 2 ou 3 horas por dia. Não vai perder o emprego. Você pode é perder a chance de vencer.

“ Você vai vencer seus medos ou eles irão vencer você? ”

SAIBA MAIS                                                                                                                  Tem gente que tem medo de altura, de sair na rua, de ser demitida, de fracassar na vida, do avião cair, de dirigir, entre tantos outros medos. Nos EUA, 20% das pessoas têm transtorno de ansiedade, ou seja, passam o tempo inteiro com medo de alguma coisa (pois a ansiedade nada mais é do que medo antecipado, de algo que pode ou não ocorrer). É dez vezes mais do que na década de 80.

Ter medo não é ruim. Nós só estamos aqui, porque nossos antepassados eram medrosos e viviam fugindo do perigo.

Sentir medo é natural e saudável, afinal, ele costuma nos proteger de algum tipo de perigo e nos afasta de situações em que nos sentimos ameaçados.

O MARKETING DO MEDO
“Vivemos num mundo onde somos convocados a sentir medo. Na mídia, é como se estivéssemos em perigo constante, podendo ser assaltados em cada esquina.

“A moda joga com o medo de não pertencer ao grupo”, diz o publicitário dinamarquês Martin Lindstrom, autor de cinco livros sobre as táticas de manipulação usadas pelas empresas.

“Aposto que você teria vergonha de sair com a roupa do seu pai, pois se sentiria desconectado da sua tribo”, afirma. Se você não comprar o carro X, seu filho vai ficar com vergonha quando você for buscá-lo na escola. E por aí vai. Boa parte da propaganda explora o medo da rejeição social.

E esse medo nunca foi tão forte. Nunca estivemos tão ligados uns aos outros e paradoxalmente, nunca sentimos tanto medo de não sermos aceitos pela sociedade.

Políticos espalham temores para arrebanhar votos; jornalistas faturam em cima de catástrofes e biólogos citam vírus letais quando querem obter fundos para desenvolver vacinas.

COMO VENCER O MEDO

Curar-se do medo é mais simples do que se costuma pensar. O método mais comum é o enfrentamento e uso da força de vontade (cara e coragem).

“A forma como pensamos influencia a maneira como sentimos. Portanto, mudar o modo como pensamos pode mudar como nos sentimos”, resume o psiquiatra Aaron T. Beck.

A técnica de apagar medos durante o sono é experimental, já a hipnose auxilia a pessoa a estimular a própria mente, para sair da acomodação e ultrapassar obstáculos.

A ideia da pílula do medo não é eliminar a memória do acontecimento, e sim as emoções negativas associadas a ele. Você se lembraria do assalto, mas sem trauma.

Enquanto pílulas não chegam, que tal se cadastrar e trabalhar para provar para as outras pessoas que você é capaz de curar seus medos?!

 

Deixe sua opinião

Veja Também

10 dicas para dizer “não” e fechar bons negócios Você provavelmente já leu sobre isso. Líderes mais duros parecem ser respeitados ao agir rispidamente, entretanto, se você não tem este perfil, aprese...
A receita para sua rede crescer com velocidade e solidez Todo médico estuda 6 anos de medicina para se formar. Frequentas diversas aulas por dia. Compram livros. Dedicam mínimo de 10 horas/dia ao estudo e pa...