A Nature`s Sunshine recebe uma licença na China, que o Brasil não concedeu

A empresa de saúde e bem-estar Nature’s Sunshine é a maior empresa de produtos naturais medicinais para saúde do mundo. Seus produtos são fantásticos e inéditos.

De forma pluralista, os produtos são formulados a base de ervas japonesas e chinesas combinadas entre si, que potencializam a cura e prevenção de diversas doenças.

A empresa está presente em mais de 50 países do mundo e o único país que ela se viu obrigada a deixar foi o Brasil por problemas com a indústria farmacêutica, que pressionou o governo, o Ministério da Saúde e Anvisa para não permitir que a empresa se mantivesse aqui, curando pessoas através do MMN, uma vez que distribuidores não são médicos e não podiam prescrever produtos que curam.

Grande perda para a população e para os empreendedores.

Por mais de 15 anos a empresa reinou sozinha, com produtos quase que milagrosos, curando pessoas de forma natural.

NSP

Grande parte do tempo, a Nature´s Sunshine foi capitaneada por João Magiolli, que antes de assumir a presidência da companhia, presidiu por cerca de 13 anos a Avon do Brasil.

João Magiolli foi quem mais trabalhou neste país pela setor de Venda Direta e MMN, criando uma cultura de entendimento na justiça de que empreendedores não são funcionários e justamente por isso, não podem processar suas empresas barganhando direitos trabalhistas.

E porque estamos falando dela agora? Porque a empresa acabou de receber da China, a licença de Venda Direta do MOFCOM, Ministério do Comércio da China. A licença permite que a empresa com sede em Lehi, em Utah (EUA), comece as atividades de venda direta na China, o segundo maior mercado de vendas diretas do mundo.

Em 2014, a empresa iniciou o processo de inscrição para uma licença de venda direta na China em joint venture com a Shanghai Fosun Pharmaceutical (Group), uma empresa de saúde local. O empreendimento conjunto foi o primeiro do tipo entre uma empresa dos EUA e uma empresa chinesa para produtos de venda direta na China.

“Estamos muito honrados em receber nossa licença da República Popular da China”, disse o presidente e CEO da Nature’s Sunshine, Gregory L. Probert. “Isso marca um passo importante para a realização da visão e do potencial que vimos quando unimos forças com a Fosun Pharma há quase três anos. Ao trazer Nature’s Sunshine para o povo da China, estamos abrindo um tremendo novo capítulo e uma oportunidade de crescimento nos 45 anos de história da nossa empresa.

Estamos cumprindo nossa missão de transformar vidas em todo o mundo através de nossos produtos inovadores e líderes no setor “.

Paul E. Noack, presidente da China e New Markets, disse que receber a licença foi o culminar de mais de dois anos de trabalho árduo e dedicação em estabelecer as bases da Nature’s Sunshine China.

“Esta licença torna oficial que o negócio de venda direta da Nature Sunshine chegou à China”, disse ele. “Tendo feito investimentos significativos ao longo dos últimos anos, construindo a infra-estrutura para apoiar o início das operações, estamos em condições de começar as atividades de venda direta no curto prazo.

Estamos imensamente orgulhosos das realizações da equipe de gerenciamento da China, e estamos otimistas sobre a oportunidade que o mercado da China oferece.

A diferença de tratamento que a Nature´s Sunshine recebeu em todos os países onde atua e obtem aprovação governamental é oposta ao que aconteceu no Brasil, cujos órgãos de saúde mal conhecem as ervas da amazonia que dirá do japaão e da tradicional e milenar medicina chinesa.

Uma grande perda para o Brasil a Natures´s Sunshine não estar aqui.

Deixe sua opinião

Veja Também

Mary Kay celebra 25 anos de apoio a grandes mentes A americana Mary Kay, líder no segmento de cosméticos por venda direta, em parceria com a Academia de Ciências do Marketing (AMS), celebra 25 anos de ...
Sergey Mavrodi: um dos maiores pirâmideiros do mundo voltou? Durante a noite, um leitor nos enviou um link do YouTube, no qual Sergey Mavrodi, , sorria desajeitadamente e segurava um cartaz. Na primeira...