Lições que farão toda a diferença em seu negócio

 

Para se dar bem na empresa que desenvolve, você precisa se dedicar e ser profissional. Não espere que pessoas batam à sua porta e fiquem implorando para entrar em sua rede. Isso não irá acontecer.

Nada de acreditar que ficará milionário simplesmente porque este segmento gera riqueza. E nada de achar que trabalhando de forma amadora terá resultados positivos.

É fato que o MULTINÍVEL gera prosperidade, riqueza e forma milionários. Também é fato que você poderá conquistar a liberdade financeira desejada, mas somente se conduzir seu negócio de forma profissional, com dedicação e crença inabalável.

Se os resultados não aparecerem, é porque você não está fazendo o que precisa ser feito ou não está trabalhando da forma certa. Toda adversidade e dificuldade que tiver deve e pode ser superada.

Entenda que nada pode atrapalhar seu crescimento e ascensão e, justamente por isso, dedique-se a ser um networker perfeito, exemplo de liderança e de profissional.

Lembre-se que todos nós somos pedras preciosas sendo lapidadas. Se deseja ter valor, se deseja brilhar, deixe-se lapidar. Estude os produtos de sua empresa, estude seu negócio, desenvolva habilidades, reinvente-se. Siga o sistema de treinamento de sua companhia, os passos de sua liderança e torne-se uma.

Preparamos, abaixo, lições que farão toda diferença na sua vida a partir de agora, para que você chegue ao topo:

  • Determine o seu crescimento, seu ritmo, suas metas. Nada de deixar seu grupo determinar seu ritmo.
  • Tudo o que você FAZ fala tão alto, que o que DIZ, as pessoas não escutam.
  • Observe se suas ATITUDES dão exemplo para sua equipe.
  • Mantenha sua motivação e a de seus patrocinados no nível máximo. Mas lembre-se que só o desejo e a motivação não farão você cruzar a linha de chegada, se não estiver verdadeiramente capacitado.
  • Seja um bom aluno para se tornar um grande professor. E quando se tornar um mestre, ensine tudo o que sabe a seus diretos, fazendo deles bons alunos, para também se tornarem bons mestres.
  • Pense grande e tenha sonhos. Sua real necessidade deve ser o combustível para chegar onde deseja.
  • Administre sua ansiedade. Não queira ganhar em meses o que não ganhou e conquistou ao longo de toda sua vida.
  • Administre seu tempo. Se ficar adiando o que precisa fazer, mais longe da realização dos sonhos estará. Acelere o quanto puder. Quanto mais se dedicar à construção de sua equipe, mais resultado terá.
  • Não trabalhe para ganhar dinheiro; deixe o dinheiro trabalhar para você.
  • Mantenha sua humildade sempre. Nada de deixar o sucesso subir à sua cabeça.
  • Dedique-se ao outro. Trabalhe para dar resultados e enriquecer sua rede. Quanto mais as pessoas crescerem e ganharem, mais dinheiro estará ganhando.
  • Tenha orgulho, nunca arrogância.
  • Aprenda com o passado, mas inspire-se no futuro.
  • Nada de inventar alternativas e atalhos para o sucesso. Os líderes já perderam muito tempo e dinheiro para você não ter que errar como já erraram.
  • Ouça as pessoas bem sucedidas; fique perto delas. Siga os caminhos que elas seguem para chegar ao topo.
  • Encare a realidade e as dificuldades por mais difíceis que sejam e nunca se torne pessimista.
  • Não confunda sonhar com fantasiar. Tenha os pés no chão e a crença em seu sucesso nas alturas.
  • Conte com a ajuda de Deus, mas faça sua parte.
  • Ao convidar alguém para sua empresa, você está dando um presente a ela. Valorize esse convite para a pessoa perceber o real valor do negócio.
  • Fale POUCO para muitas pessoas, e não MUITO para poucas. Qualidade é mais importante que a quantidade de informação que transmite.
  • No emprego, o salário é um cipó; você só troca ele por outro. No Mutinível o cipó é o PIN. Troque de cipó sempre.
  • Evite pessoas negativas. Elas sempre têm um problema para cada solução.
  • O pior não é mirar alto e errar; é mirar baixo e acertar.
  • Você vai conhecer pessoas que não estão vendo luz no fim do túnel, que estão perdidas. Não entre no labirinto com elas se não conhecer a saída. Seja o guia.
  • Você deve ter controle da sua motivação, da dedicação ao seu aprimoramento, do consumo que deve fazer, das vendas que pode efetivar, da duplicação que pode realizar, do apoio à sua equipe e das realizações e conquistas que deseja. E não terá controle sobre quem não vai a reuniões e eventos de treinamento, quem não deseja se profissionalizar e quer resultados fáceis, quem se deixa influenciar por pessoas que emitem e possuem opiniões infundadas, quem se desanima com os “nãos” que recebe, quem toma decisões equivocadas e quem opta por desistir do negócio.
  • Ao invés de dar desculpas para si mesmo, dê motivos para fazer o que precisa ser feito, mesmo que seja difícil. Supere-se.
  • Tenha postura vencedora:  desejo ardente, crença, atitude, foco, competência, qualidade no que faz, urgência e ética.
  • Não saia convidando pessoas quando ainda não estiver capacitado para não queimar os contatos e sua lista. E nada de convidar pelo whatsapp.
  • É normal familiares e amigos não entrarem no negócio quando forem convidados. Quando os resultados acontecerem em sua vida, eles repensam a decisão que tomaram.
  • O sucesso tem um preço; pague o preço dele. Faça o que deve ser feito da melhor maneira possível e abra mão do que for necessário. O sucesso não vai bater à sua porta; a oportunidade sim.
  • Para fazer sucesso, você precisa aprender e se submeter a esforços como, por exemplo, abrir a porta certa, num lugar que possui milhares de portas e atravessá-la, mesmo que ela seja muito pequena e estreita.
  • Nunca se afaste da sua linha ascendente; quanto mais perto dela estiver, melhor.
  • Se lateralidade (colocar pessoas diretas a você) é o que dá dinheiro e profundidade (montar rede abaixo dos seus diretos) e o que concede segurança, faça o que é preciso ser feito. A cada 5 diretos, aprofunde sua equipe até o quinto nível e reinicie o ciclo.
  • Cuidado com os aconselhamentos dos crosslines (equipes de outras lideranças), mesmo que se posicionem como crosslovers.
  • Todo dia fazemos coisas de que não gostamos. Que tal fazer algo que você acredita não gostar, mas que pode descobrir que gosta? O que é melhor: fazer o que gosta e não ganhar dinheiro ou fazer o que não gosta ganhando bem? Tendo bom retorno, pode-se fazer o que gosta como hobby.
  • Não vendemos apenas produtos, mas soluções e sonhos. Nós vendemos tudo o tempo todo. Crie o hábito de vender, sem demonstrar que está vendendo. Tenha certeza de que os resultados irão aparecer.
  • A venda mais difícil é aquela que você faz para você mesmo: a dieta, o curso de inglês, parar de fumar, ir pra academia… Muita gente ainda não se comprou como produto, ou seja, não se acha capaz. O Primeiro passo é entender que todos nós somos capazes; o segundo é buscar conhecimento do produto e marketing; o terceiro é você vender pra você mesmo o produto. Quando acreditar que o produto é bom, sua venda terá verdade e vai ser bem mais fácil.
  • Não desista no primeiro não. Como ninguém tem obrigação de confiar em você, sua missão número 1 é criar uma relação de confiança.

Em vez de imaginar que seu cliente ou amigo é muito desconfiado, prefira pensar: eu ainda não soube conquistar a confiança do meu amigo ou cliente.

Busque meios para isso até estabelecer uma relação.

Cuide da sua aparência; ela transmite uma imagem positiva ou negativa do seu negócio.

  • Monte uma carteira com 100 clientes. Dessa forma, você vai conseguir viver bem com as suas próprias vendas. Quando ganhamos dinheiro e estamos felizes, montar a equipe é ainda mais fácil e consequência natural.
  • Você só vence se a sua equipe vencer; caso contrário, estará correndo risco de obter um crescimento limitado. Se você não vender, sua equipe também não venderá. Seja exemplo para sua rede.

 

Deixe sua opinião