Empreendedores bem-sucedidos aprendem com os fracassos

A maioria dos empreendedores é uma fonte sem fim de erros e cálculos incorretos. O fracasso é quase inevitável, mas os mais bem-sucedidos realmente se beneficiam dele. É a sua capacidade de aprender com os erros e avançar que contribui significativamente para suas realizações profissionais e financeiras.

Para muitos empreendedores, contratempos – que são praticamente inevitáveis ​​- podem se tornar debilitantes. Mas isso não precisa ser assim.

Henry Ford, por exemplo, quebrou financeiramente cinco vezes e foi aconselhado a ficar longe da indústria automotiva.

Walt Disney, ao procurar financiamento para o Walt Disney World, recebeu cerca de 300 recusas.

Cinco gravadoras se negaram a assinar contrato com os Beatles.

“Devemos encontrar uma palavra alternativa para ‘falhar’. Quando as pessoas tentam, falham e aprendem.

A palavra deveria ser ‘descobrir’.

Quando os empreendedores mudam sua perspectiva de ‘falhar’ para ‘descobrir’, eles ficam mais capazes de passar para a próxima etapa da jornada de construção de negócios”, diz Sims.

“Pode ser muito útil para os empresários se orgulharem de suas cicatrizes, desde que tirem lições úteis de seus erros. Essa combinação de fracassos e lições aprendidas é uma forma de pagar por uma grande educação empresarial.”

Com o fracasso sendo apenas um dado, os empresários mais bem-sucedidos são aqueles que se tornam mais inteligentes com essas experiências.

Deixe sua opinião

Veja Também

Jafra lança bônus exclusivo para quem possui volume de venda pessoal A Jafra fez uma inovação em seu Plano de Negócios. Passou a ser a primeira empresa de MMN do país a oferecer um bônus para quem realiza o maior volume...
Abranetwork cria campanha pró-marketing multinível A Associação Brasileira dos Empreendedores de Network Marketing, (Abranetwork), está lançando uma campanha em redes sociais e em veículos de comunicaç...