Amway Brasil começa o ano com o maior crescimento da empresa no mundo

Estamos em 2018, mas o ano fiscal de 2019 já começou para a maior empresa de Venda Direta e Marketing de Rede do mundo.

É que o ano fiscal da Amway começou dia primeiro de Setembro.

A diretoria brasileira está em festa, porque o volume de negócios alcançado está surpreendendo a matriz.

O programa de marketing atual, está se comunicando bem com a rede e lançando campanhas de impacto. O Sistema de Treinamento, baseado em treinadores oficiais, revolucionou o negócio.

O modelo equivocado da Pronet (sistema de treinamento de líderes da empresa), cedeu espaço a treinamentos qualificados, inteligentes a atualizados que não geram o turnover absurdamente alto de outros tempos.

Como consequência, houve um grande aumento nos volumes de vendas e recorde de cadastro consciente. Nosso CEO, Claudio Di Lucca, é quem defende o cadastro consciente ou cadastro profissional, que a Amway adotou.

“Menos é Mais!”, diz ele. “É melhor menos empreendedores, muito bem qualificados e blindados do que milhares de empreendedores despreparados. O ritmo de crescimento deve ser responsável. Empresas que desejam dinheiro por necessidade, estimulam patrocínios com binários atraentes e pagamentos por cadastro. Empresas como a Amway, não entram na pilha de líderes e não fazem campanhas para ganhar empreendedores e depois perder”, diz ele.

A prova do sucesso da Amway, é a qualificação de cinco novos Diamantes: Arnaldo Marques e Tânia Taveira, Gisélia e Marcos Trombetta, Giovana e Júlio Albano, além de Simone e Jorge Barcki.

Luciane e Clareci Lauermann e Aparecido e Kárita da Mata, se qualificaram a Diamantes Executivos.

É o  melhor começo de ano da Amway, em sua história no Brasil e o melhor começo, entre as filiais da Amway no mundo.

Deixe sua opinião

Veja Também

O fim da pirâmide New Hope X A NewHopeX divulgou um comunicado rompendo os "acordos" com afiliados e parceiros de golpe. No comunicado confessam abertamente a venda de saldos p...
Somente 6 de 50 segmentos seguem bem na economia brasileira O ano que muitos querem esquecer foi de sucesso para quem soube ver, na crise, oportunidade para crescer. E muitas pessoas vislumbraram no MMN a pos...